Filhos felizes, adultos escravos de seus desejos

Que atirem a primeira pedra aqueles que não cometem erros em nome da felicidade dos filhos. Mirando nesta ilusão, acertamos em baixa autoestima, incapacidade de lidar com frustrações, falta de autocuidado. Neste post, trazemos a entrevista do filósofo Gregorio Luri e textos das psicólogas Camila Louvison e Eliana Louvison para avaliarmos melhor essa tal felicidade de nossos filhos.

Continue reading »
Featured Video Play Icon

7 pecados capitais que a sociedade comete contra a infância

A gente sabe o quanto são nocivas várias condutas e práticas da sociedade atual em relação à infância, mas muitas vezes nos esquivamos de olhar e agir diante delas. A fala do pediatra Daniel Becker é uma boa oportunidade para nos comprometermos. As soluções que ele apresenta são animadoras, a gente dá conta.

Continue reading »
Featured Video Play Icon

O cuidado com a intimidade

Sabemos onde vibra nosso coração? Ou o nosso desejo está sendo moldado pelo olhar do outro? Como preservar e enriquecer nossa intimidade como algo que temos de mais precioso, se perdermos a percepção de nós mesmos? O filósofo Renato Janine Ribeiro fala sobre as ameaças que pairam sobre a intimidade.  “E se o nosso desejo tiver se tornado um mistério para nós mesmos?” E tem também um texto de Rafael Trindade – “Torna-te quem tu és”, para expandir nosso olhar.

Continue reading »

“Vivi o Estado Novo e passei pela ditadura, mas nunca vi um período tão assustador como este na Educação”

Enquanto os países mais desenvolvidos na área de Educação já entenderam que a alfabetização não é uma questão de método, mas de como a criança aprende, o novo governo brasileiro retrocede 50 anos com a proposta de alfabetizar a partir de um método. “Estou assustada com o que vem por aí”, diz Magda Becker Soares, autoridade em alfabetização.

Continue reading »

“A milenar arte de educar dos povos indígenas”

Neste texto para a Revista Prosa Verso e Arte, Daniel Munduruku, escritor e professor brasileiro, da etnia mundurucu, fala sobre a visão de educação dos povos indígenas. Centrada nas necessidades do corpo, da mente e do espírito, e com foco no agora, incentiva a criança a viver plenamente o presente, “para que quando estiver vivendo outra fase da vida, não se sinta vazia de infância”.

Continue reading »

Corpo, servidão e liberdade

Mais uma perspectiva para pensarmos a relação mente/corpo, esta a partir dos conceitos de bom encontro, de Espinosa, e de reforço positivo, de Skinner, e o limiar entre nos tornarmos escravos felizes e impotentes ou seres livres com capacidade ampliada de ação. “O corpo humano pode ser afetado de muitas maneiras, pelas quais sua potência de agir é aumentada ou diminuída.”

Continue reading »