Transtornos mentais

Um transtorno mental, na definição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5), é uma síndrome caracterizada por perturbação clinicamente significativa na cognição, na regulação emocional ou no comportamento de um indivíduo que reflete uma disfunção nos processos psicológicos, biológicos ou de desenvolvimento subjacentes ao funcionamento mental. Eles estão frequentemente associados a sofrimento ou incapacidade significativos que afetam atividades sociais, profissionais ou outras atividades importantes. O DSM-5 relaciona 19 categorias de transtornos. O desenhista Shaw Coss ilustrou alguns deles.

TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é um transtorno do neurodesenvolvimento que engloba autismo, transtorno desintegrativo da infância, transtorno generalizado do desenvolvimento não especificado e síndrome de asperger, que se caracterizam pela dificuldade na comunicação social recíproca, na interação social e comportamentos repetitivos. O indivíduo com TEA apresenta déficits na reciprocidade socioemcocional, nos comportamentos comunicativos não verbais usados para interação social, déficits para desenvolver, manter e compreender relacionamentos. Os sintomas apresentam-se desde o início da infância e limitam ou prejudicam a vida social e profissional.

 TRANSTORNO DE ANSIEDADE SOCIAL

O Transtorno de Ansiedade Social é caracterizado pelo medo potencializado e muitas vezes antecipado diante de situações novas e desconhecidas, preocupação excessiva ou expectativa apreensiva. O indivíduo é ansioso e teme ou esquiva de situações sociais ou outras em que poderá ser avaliado ou observado, já que interpreta o fato como um risco de avaliação negativa. É de difícil controle e o indivíduo apresenta três ou mais destes sintomas: inquietação, fadiga, irritabilidade, dificuldade de concentração, tensão muscular, perturbação do sono.

 TRANSTORNO DEPRESSIVO MAIOR

O Transtorno Depressivo Maior é chamado comumente de depressão. Suas características principais são o humor triste, vazio ou irritável, acompanhado de mudanças somáticas e cognitivas que afetam significativamente a capacidade da pessoa de funcionar. Embora possa ocorrer apenas um episódio, geralmente é uma condição recorrente. É muito importante distinguir o que é uma tristeza ou luto normais de um transtorno depressivo.

TRANSTORNOS RELACIONADOS A TRAUMA E A ESTRESSORES

Os transtornos relacionados a trauma e a estressores estão associados à exposição a um evento traumático ou estressante e englobam transtorno de apego reativo, o transtorno de interação social desinibida, o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), o transtorno de estresse agudo e os transtornos de adaptação. As expressões de sofrimento psicológico após exposição a eventos catastróficos ou aversivos são bastante variáveis. Os sintomas mais proeminentes são anedônicos (perda da capacidade de sentir prazer) e disfóricos (ansiedade), extemalizações de raiva e agressividade ou sintomas dissociativos. Estes sintomas podem aparecer combinados e com ou sem sintomas de ansiedade ou medo.

TRANSTORNO BIPOLAR E TRANSTORNOS RELACIONADOS

No Transtorno Bipolar e Transtornos Relacionados os sintomas mais comuns são a depressão, com humor deprimido, tristeza profunda, apatia; mania e hipomania. Sua característica mais proeminente é a alternância, às vezes repentina, entre episódios de depressão e euforia (mania e hipomania), com períodos assintomáticos entre eles. As crises podem variar de intensidade, frequência de duração. Este transtorno engloba: transtorno bipolar tipo I, transtorno bipolar tipo II, transtorno ciclotímico, transtorno bipolar e transtorno relacionado induzido por substância/medicamento, transtorno bipolar e transtorno relacionado devido a outra condição médica, outro transtorno bipolar e transtorno relacionado especificado e transtorno bipolar e outro transtorno relacionado não especificado.

TRANSTORNOS DO SONO-VIGÍLIA

 Estes transtornos abrangem 10 grupos: transtorno de insônia, transtorno de hipersonolência, narcolepsia, transtornos do sono relacionados à respiração, transtorno do sono-vigília do ritmo circadiano, transtornos de despertar do sono não REM, transtorno do pesadelo, transtorno comportamental do sono REM, síndrome das pernas inquietas e transtorno do sono induzido por substância/medicamento. As queixas, geralmente, apresentadas são de insatisfação envolvendo a qualidade, o tempo e a quantidade de sono, que trazem sofrimento e prejuízo durante o dia.

ESPECTRO DA ESQUIZOFRENIA E OUTROS TRANSTORNOS PSICOTICOS

O Espectro da Esquizofrenia e outros Transtornos Psicóticos incluem esquizofrenia, outros transtornos psicóticos e transtorno da personalidade esquizotípica, os quais são definidos por anormalidades em um ou mais destes domínios: delírios, alucinações, pensamento (discurso) desorganizado, comportamento motor grosseiramente desorganizado ou anormal (incluindo catatonia) e sintomas negativos.

TRANSTORNO OBSSESSIVO COMPULSIVO E TRANSTORNO RELACIONADO

Transtorno obsessivo-compulsivo e transtornos relacionados incluem vários tipos de transtornos, entre eles: transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), transtorno dismórfico corporal, transtorno de acumulação, trico-tilomania (transtorno de arrancar o cabelo), transtorno de escoriação (skin-picking). Esses transtornos são caracterizados por obsessões, compulsões, preocupações, comportamentos repetitivos ou atos mentais em resposta a preocupações, comportamentos repetitivos recorrentes focados no corpo, como arrancar os cabelos, beliscar a pele, e tentativas repetidas de reduzi-los ou pará-los.

TRANSTORNOS DA PERSONALIDADE

Um transtorno da personalidade é um padrão persistente de experiência interna e comportamento que se desvia acentuadamente das expectativas da cultura do indivíduo, é difuso e inflexível, começa na adolescência ou no início da fase adulta, é estável ao longo do tempo e leva a sofrimento ou prejuízo. Essa definição geral se aplica a cada um dos transtornos da personalidade específicos: paranoide, esquizoide, esquizotípica, antissocial, borderline, histriônica, narcisista, dependente, obsessivo-compulsiva.

Entrevista

“Os seres humanos sobrevivem há milhões de anos graças à capacidade de confrontar a adversidade.”Allen Frances

O psiquiatra Allen Frances faz um alerta para o fato de estarmos transformando problemas cotidianos e normais da vida em transtornos mentais, manipulados pela indústria farmacêutica.

Leia mais

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/09/26/sociedad/1411730295_336861.html

One comment

Comments are closed.